sair

Tecle enter ou retorno para busca

Quem são os superdotados? Maria Alice Fontes


O que é superdotação?
A superdotação é um fenômeno no qual o indivíduo apresenta uma habilidade significativamente superior em alguma área do conhecimento, quando comparado à população geral.

O indivíduo superdotado é aquele que tira excelentes notas na escola?
Não. O conceito de superdotação é bastante abrangente e não trata apenas de pessoas com excelente desempenho acadêmico ou de crianças com cinco anos de idade que sabem dizer o nome das capitais de todos os países da Europa. Pessoas com um potencial destacado para as artes, os esportes, a ciência e a linguagem também podem ser considerados como superdotados.

Existem outros conceitos que podem definir a superdotação?
Dentro do fenômeno da superdotação encaixam-se outros conceitos como:

  • a precocidade: quando a criança apresenta uma habilidade prematuramente, em comparação com crianças da mesma idade;
  • o prodígio: a “criança prodígio” é aquela que apresenta uma habilidade rara, algo muito fora do comum para outras da mesma idade, assim como Mozart, que aos sete anos já era um compositor aclamado pelo público.
  • a genialidade: o termo gênio define o indivíduo cujas habilidades proferiram à humanidade contribuições que marcaram história, como Freud, Einstein, Darwin, entre outros.

Por que algumas pessoas são superdotadas e outras não?
Joseph Renzulli, um importante estudioso desse fenômeno, alega que para uma pessoa ser considerada superdotada, é necessário que três fatores coexistam. São eles: a habilidade acima da média em alguma área do conhecimento, a motivação para envolver-se em uma determinada tarefa e a criatividade para gerar novas idéias e significados a partir de um conceito.

O que fazer com uma criança superdotada?
Ter um filho com um grande potencial para a performance em alguma área do conhecimento é algo que todos os pais gostariam de ter. Porém é necessário que existam alguns cuidados para que esse potencial seja vivenciado sem que traga qualquer prejuízo para a vida da criança. Por ter uma habilidade superior aos demais colegas, a criança superdotada pode apresentar alguns problemas de comportamento na escola, como a desatenção e a desmotivação. Sua socialização também pode ser comprometida, já que é comum a criança superdotada envolver-se mais com adultos do que com crianças de sua idade. É necessário oferecer um acompanhamento a essa criança para que ela possa desenvolver todo o seu potencial da melhor forma, sem sofrer prejuízos na esfera acadêmica, afetiva ou social.

Caso tenha dúvidas ou interesse em se aprofundar no assunto, entre em contato conosco pelo telefone: (11) 2364-2024 ou m.alice@plenamente.com.br

Referências

2007-02-12 00:00:00

Informe seu e-mail e receba nossos boletins

*Nunca usaremos suas informações para envio de spam